Pages Menu
Categories Menu
ABC Futebol Clube

ABC Futebol Clube



No dia 29 de junho de 1915, um grupo de jovens se reunia no teatro Carlos Gomes, em Natal, para fundar aquele que seria pioneiro no futebol no Rio Grande do Norte: o ABC Futebol Clube.

O nome teve como inspiração um pacto diplomático firmado à época, de cooperação internacional entre Argentina, Brasil e Chile. Cada letra representa um dos países vizinhos.

O preto e o branco foram adotados como cores do ABC desde o início. A primeira partida foi disputada já naquele ano, em um campo improvisado, uma vitória por 4 a 1 sobre o América-RN.

Uma curiosidade é que o clube só foi oficialmente inscrito na liga potiguar em 1927. O ABC deslanchou justamente na década seguinte, sagrando-se decacampeão potiguar entre 1932 e 1941.

Em 1959, o ABC foi a primeira equipe a representar o estado em uma competição nacional: a então Taça Brasil. Foram seis edições disputadas entre os principais clubes do país, até 1968.

Um dos episódios mais marcantes da história do ABC aconteceu em 1973. O clube foi banido do futebol brasileiro por dois anos após escalar dois jogadores que não haviam sido registrados.

A direção aproveitou o período longe dos gramados para realizar uma histórica excursão ao exterior. O clube passou por Turquia, Grécia, Romênia, Bósnia, Sérvia, Líbano, Etiópia, Somália, Uganda e Tanzânia. Foram 14 jogos de invencibilidade.

Em 1979, o ABC teve a honra de enfrentar a seleção brasileira no estádio Machadão, em Natal. O clube potiguar perdeu por 1 a 0, mas escreveu ali uma das mais épicas páginas da história.

O mascote do clube é um elefante, oficializado na década de 1990. Tanto pela pujança e força do ABC quanto pela delimitação do estado do Rio Grande do Norte parecer a silhueta do animal.

Um dos principais sonhos da torcida se concretizou em 2006: a inauguração do estádio Frasqueirão. A construção levou cinco anos e impulsionou o clube para as divisões de cima do país. O primeiro título nacional do ABC – e do futebol potiguar – veio em 2010, com a conquista da Série C do Campeonato Brasileiro.

Entre os principais ídolos do clube estão Alberi, Barata, Danilo Menezes, Hélio Show, Ivan, Jorge Demolidor, Jorginho, Marinho Chagas, Noé, Odilon, Reinaldo, Sérgio Alves e Wallyson.