Newsletter subscribe


Atlético-PR, Corinthians, Nacional-SP, Posts, Santos, São Paulo

Alfredo Ramos – Polvo

Alfredo Ramos - Polvo
Posted: 27/10/2015 at 20:42   /   by   /   comments (0)

No dia 27 de outubro de 1924, nascia na cidade de Jacareí, no interior de São Paulo, o lateral-esquerdo Alfredo Ramos. O craque, porém, ficou marcado pelo apelido de “Polvo”.

Ainda criança, mudou-se com a família para Santos e começou a bater bola na Vila Belmiro. Chamou a atenção dos dirigentes do Peixe e teve a chance de se tornar jogador profissional.

Em 1948, foi uma das revelações do vice-campeonato paulista da equipe. Tinha como principal qualidade o posicionamento, a marcação e a antecipação das jogadas.

Alfredo foi contratado pelo São Paulo em 1950, onde passou a jogar ao lado de Poy, Mauro Ramos de Oliveira, Noronha, De Sordi e Bauer. Não demorou para ser titular do time.

O primeiro título veio em 1953, quando o Tricolor venceu o Campeonato Paulista. Ao todo, disputou 315 partidas pela equipe do Morumbi e se despediu do clube apenas em 1957.

Alfredo Ramos era presença constante na seleção brasileira. Foi um dos convocados para a Copa do Mundo de 1954, quando o Brasil foi eliminado pela Hungria na “Batalha de Berna”.

O Polvo realizou um sonho de infância em junho de 1957, quando se transferiu para o Corinthians. No entanto, não deu sorte. Sofreu uma contusão e ficou um ano longe dos gramados.

Sem a mesma vitalidade e vendo a meta de participar da Copa do Mundo de 1958 ir por água abaixo, encerrou a carreira. No Timão foram 33 jogos, sendo apenas três derrotas.

Decidiu se tornar treinador de futebol, começando a nova carreira no Nacional-SP e passando pelo Atlético-PR. Mas o destaque veio em 1972, quando voltou ao estádio do Morumbi.

Foi o técnico da primeira Copa Libertadores do clube, quando o São Paulo foi eliminado pelo Independiente (ARG). Foram 44 jogos, apenas quatro derrotas. Alfredo Ramos, o eterno “Polvo”, faleceu no dia 31 de julho de 2012.