Newsletter subscribe


Bahia, Confrontos, Santa Cruz

Bahia 5×0 Santa Cruz – Um jogo de azar para o craque Dadá Maravilha

Bahia 5x0 Santa Cruz (1981)
Posted: 11/04/2016 at 09:00   /   by   /   comments (0)

Bahia e Santa Cruz protagonizaram um dos mais emocionantes clássicos nordestinos no Campeonato Brasileiro de 1981. O confronto valia uma vaga nas oitavas de final do torneio. A dupla se enfrentou primeiro no Recife e depois em Salvador.

Na primeira partida, disputada no estádio do Arruda, a equipe pernambucana goleou por 4 a 0 sem dificuldades, com gols de Baiano, Isidoro, Dadá Maravilha e Joãozinho.

A confiança e a vantagem do time coral eram tantas que Dadá Maravilha, com a irreverência de sempre, provocou o rival: “baiano só ganha de cinco quando acerta a quina na loto”.

A frase percorreu toda a imprensa nordestina e mexeu com o orgulho dos jogadores do Bahia. O jogo da volta estava marcado para o dia 5 de abril no estádio da Fonte Nova. Apesar da sede de revanche, os jogadores foram cautelosos para o jogo.

Para reverter a situação, era preciso vencer por cinco gols de diferença. Mais de 28 mil torcedores encheram as arquibancadas para assistir a uma das mais antológicas viradas da história do futebol brasileiro: os baianos colocaram 5 a 0 no placar.

Arrasadora, a equipe comandada pelo técnico Aymoré Moreira abriu o placar aos 4′ com Gilson Gênio, que ampliou aos 8′. Ainda na primeira etapa, Dirceu Catimba fez o terceiro (43′).

Toninho Taino fechou a conta na etapa final, marcando aos 22′ e aos 40′. Os torcedores do Bahia invadiram o gramado e fizeram a festa da classificação ao lado dos jogadores.

No dia seguinte, os jornais baianos estampavam o placar da goleada na capa e ironizavam a fala de Dadá Maravilha. Para os torcedores, a alegria foi maior do que ganhar na loteria.

Nas oitavas de final, o Bahia enfrentou o Flamengo em duas partidas. Na primeira, um empate sem gols. Já na segunda, uma derrota por 2 a 0 e a eliminação no Campeonato Brasileiro. O que ficou na memória dos baianos, porém, foi mesmo a goleada.

Imagem: Esporte Clube Bahia