Newsletter subscribe

Botafogo, Posts

Botafogo campeão da Copa Conmebol (1993)

Botafogo campeão da Copa Conmebol (1993)
Posted: 30/09/2016 at 05:00   /   by   /   comments (0)

No dia 30 de setembro de 1993, o Botafogo conquistava o título inédito da Copa Conmebol em uma decisão emocionante e indefinida até o último instante contra o Peñarol (URU).

Sob o comando do ídolo e técnico Carlos Alberto Torres, o time da Estrela Solitária contava com nomes como o predestinado Perivaldo, o seguro Rogério Pinheiro e o goleador Sinval.

O torneio era disputado pela segunda vez e reunia equipes da América do Sul que não disputavam a Copa Libertadores. O regulamento previa uma competição de mata-mata.

O Botafogo superou o Bragantino-SP nas oitavas de final, passou pelo Caracas (VEN) nas quartas, eliminou o Atlético-MG na semifinal e chegou à disputa da taça contra o Peñarol (URU).

A primeira partida daquela final foi disputada no estádio Centenário, em Montevidéu. Perivaldo abriu o placar para o Botafogo logo aos quatro minutos e incendiou a partida.

Os uruguaios, porém, conseguiram empatar aos 33 minutos do primeiro tempo com Otero. A taça, portanto, ficaria com quem vencesse a segunda partida. O empate significava pênaltis.

Com mais de 40 mil torcedores apoiando nas arquibancadas, o Botafogo levou um susto aos 35 minutos ao sofrer um gol de Perdomo. O empate só veio no início da segunda etapa.

Aos 7 minutos, Eliel igualou o placar. E, aos 22, foi a vez do artilheiro Sinval virar a partida. Quando tudo parecia decidido, no último minuto, Otero tratou de dar uma sobrevida ao Peñarol.

Com um 2 a 2 no placar, a disputa foi para os pênaltis. Para a surpresa de todos, Sinval perdeu a primeira cobrança para o time alvinegro. Porém, nenhum botafoguense erraria mais.

Suélio, Perivaldo e André Santos foram para as redes. Ferreyra, Gutiérrez e De Los Santos, porém, desperdiçaram. Com 3 a 1 nas penalidades, o Botafogo se sagrou campeão da Copa Conmebol.

Esse foi o primeiro título continental da equipe, que levou à campo naquela decisão William, Perivaldo, André Santos, Cláudio Henrique, Clei, Nelson, Suélio, Eliel; Alesio, Sinval e Marcelo Costa.

Já o Peñarol do treinador Gregorio Perez foi escalado com Rabadja, Tais, Gutiérrez, De Los Santos, Da Silva, Baltierra, Perdomo, Bengoechea, Dorta, Otero e Rodriguez.

A sequência do Botafogo teve:

– Oitavas de final

Botafogo 3×1 Bragantino

Botafogo 3×2 Bragantino

– Quartas de final

Botafogo 1×0 Caracas (VEN)

Botafogo 3×0 Caracas (VEN)

– Semifinal

Botafogo 1×3 Atlético-MG

Botafogo 3×0 Atlético-MG

– Final

Botafogo 1×1 Peñarol (URU)

Botafogo 2 (3) x (1) 2 Peñarol (URU)