Newsletter subscribe


Agenda

Cacau e Gabi da música “Jogadeira” assistem no Museu do Futebol ao jogo Itália x Brasil

Cacau e Gabi da música "Jogadeira" assistem no Museu do Futebol ao jogo Itália x Brasil
Posted: 18/06/2019 at 10:38   /   by   /   comments (0)

A terceira partida da seleção brasileira na Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA, contra a seleção da Itália, será transmitida nesta terça-feira, dia 18/6, às 16h, no Museu do Futebol – instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo – e conta com torcedoras ilustres.

Cacau Fernandes, atacante do Corinthians, e a ex- jogadora Gabriela Kivitz, idealizadoras da música “Jogadeira”, estarão no Museu do Futebol torcendo pela seleção brasileira em um espaço com telão de 300 polegadas e arquibancada para cerca de 100 pessoas.

Exibição dos jogos no Museu do Futebol

Até o final da Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA, o Museu exibe todos os jogos que ocorrem de terça a domingo, recebendo torcedores brasileiros e estrangeiros para vibrar por suas seleções.

A agenda das exibições dos jogos no Museu está disponível no site museudofutebol.org.br.

O ingresso (15,00 inteira e 7,50 a meia-entrada) dá direito a assistir ao jogo, a visitar o Museu do Futebol e a visitar a exposição temporária CONTRA-ATAQUE! As Mulheres do Futebol. Às terças-feiras o Museu tem entrada gratuita.

Mais sobre a exposição CONTRA-ATAQUE! As Mulheres do Futebol

A exposição narra como foi o caminho trilhado pelas mulheres até a oitava edição da Copa do Mundo, realizada neste ano na França, e que já é um marco nas conquistas do futebol feminino.

Para contar essa história, o Museu do Futebol convidou para a curadoria um time de mulheres especialistas e atuantes na causa: Aline Pellegrino – capitã da Seleção Brasileira de Futebol Feminino (2004 a 2013) e atual coordenadora da modalidade na Federação Paulista de Futebol, destacando-se como uma das poucas gestoras mulheres na área; Aira Bonfim – pesquisadora da participação feminina no esporte antes da proibição; Luciane Castro – jornalista pioneira na cobertura dos jogos e campeonatos femininos; e Silvana Goellner – professora e coordenadora do Centro de Memória do Esporte da UFRGS.

Junto à equipe do Museu do Futebol e das curadoras, a dupla Daniela Thomas e Felipe Tassara, que trabalhou na equipe de concepção do próprio Museu do Futebol, assina o projeto expositivo.

Vídeos, fotografias, objetos dos acervos pessoais de atletas e um panorama com fatos que vão desde antes da proibição da prática do futebol pelas mulheres – que vigorou ao longo de várias décadas do século 20 – inspiraram o público a valorizar essa história e a empoderar meninas para a prática esportiva, transformando velhos preconceitos em ações positivas para o mundo.

A exposição CONTRA-ATAQUE! As Mulheres do Futebol conta com patrocínio do Itaú Unibanco, por meio da lei federal de incentivo à cultura, e conta com apoio da The Led.