Newsletter subscribe


Ceará, Posts

Ceará Sporting Club

Ceará Sporting Club
Posted: 02/06/2016 at 07:00   /   by   /   comments (0)

No dia 2 de junho de 1914, nascia a partir do sonho de um grupo de jovens apaixonados por esporte uma das mais tradicionais agremiações nordestinas: o Ceará Sporting Club.

Foram duas reuniões de fundação, primeiro em um café e depois na casa de um deles, tudo no centro histórico de Fortaleza. O primeiro nome da equipe? Rio Branco Foot-ball Club.

O clube passou a adotar o nome do estado no ano seguinte. As cores lilás e branco foram abandonadas, dando lugar ao calção branco e às camisas com listas verticais alvinegras.

Uma das maiores conquistas do Ceará veio logo na primeira década de existência, quando se sagrou pentacampeão da Liga Cearense Metropolitana de Futebol entre 1915 e 1919.

Naquele período, foram disputados os primeiros clássicos contra aquele que se tornaria o principal adversário alvinegro: o Fortaleza. A rivalidade só cresceu desde então.

Os clubes disputavam palmo a palmo os títulos estaduais, até que o Ceará finalmente deslanchou no cenário nacional ao se destacar no Campeonato Brasileiro de 1964.

Naquele ano, a equipe chegou às semifinais e terminou em terceiro lugar. Em 1969, veio o título do Torneio Norte-Nordeste sobre o Remo, consagrando o ídolo Zezinho.

Ainda na época, o Ceará inaugurou o estádio Carlos de Alencar Pinto, o Vovozão, onde disputou centenas de partidas intercaladas com o tradicional Presidente Vargas.

A origem do apelido Vozão, aliás, gera controvérsia. A versão mais difundida aponta que o nome vem do fato de o Ceará ser considerado o clube mais antigo do estado.

Outros, porém, atribuem a um ex-presidente que chamava os atletas de “netinhos”, ganhando o apelido do grupo. Fato é que o Vozão se consagrou e se tornou mascote da equipe.

O Ceará conquistou mais de 40 títulos estaduais, sendo hegemônico nas décadas de 1970 e 1980. O auge a nível nacional chegou mesmo em 1994, na disputa da Copa do Brasil.

O time alvingero chegou ao vice-campeonato, empatando a final com o Grêmio em casa (0x0) e perdendo no Sul (1×0). A posição deu ao clube uma vaga inédita na Copa Conmebol de 1995.

Na competição continental, o Ceará foi eliminado na primeira fase após dois empates com o Corinthians e derrota nos pênaltis. Nos anos 2000, o Vovô intercalou a primeira e a segunda divisão.

Em 2011, porém, mais um fato inédito: uma participação na Copa Sul-Americana. E, em 2015, o clube conquistou a primeira e única Copa do Nordeste em toda a história alvinegra.

Entre os principais ídolos do Ceará estão Arlindo Maracanã, Arturzão, Cláudio Adão, Dimas Filgueiras, França, Gildo, Hélio Carrasco, Iarley, João Marcos, Lula Pereira, Magno Alves, Mota, Pintado, PC Gusmão, Sérgio Alves e Zezinho.

Imagens: Ceará S.C., Verminosos por Futebol, SD Notícia