Pages Menu
Categories Menu
Djalma Santos

Djalma Santos



No dia 27 de fevereiro de 1929, nascia na capital paulista um dos maiores jogadores da história da Portuguesa e o melhor lateral-direito do mundo em todos os tempos: Djalma Santos.

Os primeiros passos no futebol foram dados em campos de várzea da Parada Inglesa, na Zona Norte de São Paulo. Ainda jovem, tentava conciliar o trabalho de sapateiro com a bola.

Descoberto pelos dirigentes da Lusa, iniciou carreira profissional em 1948. Formou o maior esquadrão da história rubro-verde ao lado de Brandãozinho, Julinho Botelho, Pinga e Simão.

No início, jogava no meio-campo caindo mais pela direita. Só veio a se tornar lateral-direito mesmo quando Brandãozinho chegou à Rubro-Verde para desempenhar a função no time.

Djalma Santos foi o maior campeão da história da Portuguesa, conquistando o Rio São-Paulo em 1952 e 1955, além de ter se tornado Fita Azul por três vezes em 1951, 1953 e 1954.

Essas conquistas são retratadas em detalhes no filme ‘Rubro-Verde Espetacular’, produzido pelo Acervo da Bola. Confira o trailer:

Foi um dos primeiros jogadores a cobrar laterais longos, que mais pareciam cruzamentos à área. Era dono de finalizações certeiras, lançamentos milimétricos e de muita velocidade.

Disputou quatro edições seguidas da Copa do Mundo (1954, 58, 62 e 66), tendo sido campeão e eleito pela Fifa como o melhor jogador na posição em 1958, na Suécia, e 1962, no Chile.

Ficou na Lusa por uma década, disputando 434 jogos. Jamais foi expulso na carreira, que ainda incluiu passagens por Palmeiras e Atlético-PR. Faleceu no dia 23 de julho de 2013.