Pages Menu
Categories Menu
“Gol de Placa” – Fluminense 1×3 Santos

“Gol de Placa” – Fluminense 1×3 Santos



No dia 5 de março de 1961, o vocabulário do futebol brasileiro ganhou a expressão “gol de placa” em uma partida entre Santos e Fluminense pelo tradicional Torneio Rio-São Paulo.

A partida era disputada no Maracanã e o time paulista venceu a equipe carioca por 3 a 1. O gol que chamou a atenção de todos foi marcado por Pelé aos 40 minutos do primeiro tempo.

“Numa caminhada tortuosa e torturada, que durou mais de um minuto e meio de posse de bola, ele acaba fulminando com um drible da vaca no goleiro Castilho e faz o gol”.

A descrição é do jornalista Joelmir Beting, que trabalhava no periódico “O Esporte”. Na ocasião, ele mandou fazer uma placa para que fosse instalada no estádio em homenagem ao gol.

Nela está escrito: “neste campo, no dia 5 de março de 1961, Pelé marcou o tento mais bonito na história do Maracanã”. Como dizia Joelmir, os 130 mil torcedores aplaudiram extasiados.

Os jornais da época descrevem que ele recebeu um passe de Dalmo na intermediária, passou por Pinheiro, Clóvis e Altair, desviando de Jair Marinho e superando Castilho.

Em razão da beleza do gol, marcado pelo então garoto de 20 anos, e a homenagem feita por Joelmir Beting fizeram com que a imprensa passasse a adotar o termo “gol de placa”.