Pages Menu
Categories Menu
Ivair, o “Príncipe do Futebol”

Ivair, o “Príncipe do Futebol”



No dia 27 de janeiro de 1945, nascia na cidade de Bauru, no interior de São Paulo, um dos maiores ídolos de toda a história da Portuguesa: o ponta-esquerda e acatacante Ivair, o “Príncipe do Futebol”.

Franzino, o jogador se destacou logo nas categorias de base pela velocidade e habilidade com a bola nos pés. Partia para cima dos adversários sempre com fintas inesperadas e batia forte, seco, no gol.

Ivair Ferreira chegou à equipe profissional da Lusa no início da década de 1960, em um time acostumado com ídolos como os goleadores Servílio e Jair da Costa. Porém, não decepcionou.

A estreia ocorreu no dia 2 de setembro de 1962, contra a Prudentina, no estádio da Rua Javari. O jogo terminou empatado em 1 a 1, sendo o gol da Rubro-Verde marcado pelo jovem Ivair.

O curioso, e que virou manchete nos jornais esportivos no dia seguinte, é que ele desmaiou assim que cabeceou a bola para o fundo das redes. Se por emoção ou pelo impacto da bola, fica o mistério.

Em 1963, após uma vitória da Lusa sobre o Santos por 3 a 2, foi apelidado de “Príncipe” pelo “Rei” Pelé. No ano seguinte, só não foi campeão paulista em cima do Peixe por erros de arbitragem.

Ivair formou um famoso quinteto com Ratinho, Leivinha, Paes e Rodrigues. Os garotos rodaram o mundo e ficaram conhecidos como o “Ataque Iê Iê Iê”.

Vestindo a camisa da Portuguesa, disputou 307 jogos, conquistou 127 vitórias e marcou nada menos que 103 gols. O atacante ainda era presença constante na seleção brasileira.

O Acervo da Bola produziu um filme sobre a vida e a carreira do jogador, lançado em janeiro de 2016. Com direção de Cristiano Fukuyama e Luiz Nascimento, o DVD de ‘Ivair – O Príncipe do Futebol’ está a venda no site: http://www.oprincipedofutebol.com.br/