Pages Menu
Categories Menu
Jabaquara x Portuguesa Santista – Um clássico, duas colônias e muita tradição

Jabaquara x Portuguesa Santista – Um clássico, duas colônias e muita tradição



Clássico das Praias. Derby Santista. Clássico das Colônias. São vários os apelidos para um dos mais antigos e tradicionais confrontos do futebol paulista: Jabaquara e Portuguesa Santista.

A origem dos clubes da cidade de Santos é europeia. O Jabuca foi fundado em 1914 por imigrantes espanhóis. Já a Briosa nasceu em 1917 da união de trabalhadores portugueses.

O jogo sempre foi considerado um clássico – para muitos, o mais antigo da baixada santista – justamente pela rivalidade histórica entre os dois povos ibéricos, tão presentes no Brasil.

O primeiro confronto aconteceu quando o futebol era amador, em 1919, e o Jabaquara ainda se chamava Hespanha. O nome mudou em meio às turbulências da Segunda Guerra Mundial.

As partidas colocaram em campo grandes ídolos do futebol brasileiro. Na Briosa, houve Samarone, Brandãozinho, Lima e Ronaldo. Já no Jabuca teve Gylmar, Baltazar e Antoninho.

A goleada mais elástica foi da Briosa, em 1969, com um sonoro 8 a 0 sobre o Leão. Já pelo lado espanhol, a principal goleada foi um 6 a 1 aplicado em 1944 sobre os rivais portugueses.

A maior parte dos jogos foi disputada no Ulrico Mursa, estádio lusitano, e no Hespanha (Caldeira), casa jabaquarense. Antes, o clube jogava no estádio do Macuco, outro bairro santista.

Uma das curiosidades mais engraçadas do clássico foi registrada em 1996, quando os times disputavam a final do Troféu Cidade de Santos. O torneio foi decidido no estádio da Vila Belmiro e era uma preliminar de um confronto entre Santos e Grêmio.

No tempo regulamentar, empate em 1 a 1. A decisão foi para os pênaltis e, quando estava em 3 a 3, o árbitro chamou os atletas e disse que a partida precisava terminar para não extrapolar o horário da partida principal marcada para aquele dia.

O vencedor, então, seria decidido na moeda. O Jabaquara teve mais sorte e ficou com a taça. Jabuca e Briosa somam em torno de 200 confrontos, com leve superioridade lusitana. Os dois estão entre os clubes fundadores da Federação Paulista de Futebol.

Imagens: O Curioso do Futebol, Portuguesa Santista