Newsletter subscribe


Portuguesa, Posts

Orlando, o “Gato Preto”

Posted: 25/07/2016 at 02:55   /   by   /   comments (0)

No dia 25 de julho de 1940, nascia na cidade do Rio de Janeiro um dos mais lendários goleiros do futebol paulista na década de 1960 e que brilhou na Portuguesa: Orlando, o famoso “Gato Preto”.

Orlando Alves Ferreira deu os primeiros passos como profissional no São Cristóvão (RJ), em 1958. Após se destacar, principalmente em torneios estaduais, despertou os olhares da Portuguesa.

Chegou ao clube paulistano para a temporada de 1963, quando teve início a amizade com o goleiro Felix. Aos poucos, Orlando foi conquistando um espaço na equipe titular da Lusa.

Felix já era ídolo da torcida rubro-verde e seria até campeão do mundo pela seleção brasileira em 1970. Porém, Orlando foi se caracterizando por fazer verdadeiros milagres em clássicos.

Com dois goleiros em excelente forma, a Portuguesa passou a alternar a dupla na escalação titular. Em uma partida, Felix. Em outra, Orlando. Foi assim entre as campanhas de 1964 e 1968.

Orlando fez parte do elenco que chegou ao vice estadual de 1964, quando a Lusa foi prejudicada pelo árbitro Armando Marques na decisão contra o Santos, na Vila Belmiro, na última rodada.

Também participou de excursões da Rubro-Verde ao exterior, entre elas a célebre viagem de 1968 ao lado do “Ataque Iê Iê Iê”, com craques como Ratinho, Leivinha, Ivair, Paes e Rodrigues.

O goleiro recebeu o apelido de “Gato Preto” da mídia esportiva tanto por ser negro quanto pela agilidade debaixo das traves. Orlando ficou na Portuguesa até o ano de 1973.

Ainda conseguiu ser campeão paulista pela Lusa naquele mesmo ano, sendo reserva do goleiro Zecão. Aquela temporada seria marcante para Orlando, que recebeu o Prêmio Belfort Duarte.

A condecoração era dada aos atletas que ficassem mais de 200 jogos ou por ao menos 10 anos sem sofrer uma única punição. Pela Lusa, disputou 304 partidas, somando 127 vitórias.

Orlando ainda passou por Sampaio Corrêa (MA), Operário de Campo Grande (MS) e Operário de Várzea Grande (MT). O goleiro faleceu no dia 19 de julho de 2007.