Newsletter subscribe

Confrontos, Portuguesa

Portuguesa 2×0 Hungria – A tarde em que César Maluco defendeu a Lusa

Portuguesa 2x0 Hungria
Posted: 17/05/2016 at 07:00   /   by   /   comments (0)

No dia 23 de janeiro de 1972, a Portuguesa recebeu a seleção da Hungria durante as festas de inauguração do estádio do Canindé e teve em campo o atacante palmeirense César Maluco.

Assim como o Corinthians emprestou Rivellino para participar de uma das cinco partidas de inauguração, o Palmeiras cedeu um dos melhores jogadores do time para a celebração rubro-verde.

Cabeludo e com um estilo hippie, o craque era ídolo no Parque Antarctica e era sempre destaques nos jornais esportivos da época. Seja pelo futebol ou pelas polêmicas.

De personalidade forte e provocador, César Maluco era um centroavante brigador e trombador, que raramente perdia chances de gol, principalmente de cabeça.

Os torcedores lusos lotavam as arquibancadas que, à época, ainda contavam apenas com o primeiro anel completo. Em uma tarde chuvosa, assistiram a uma vitória por 2 a 0.

O então técnico da Lusa, Rubens Minelli, colocou César Maluco ao lado de Xaxá, Tatá e Piau na linha de ataque. O goleador alviverde ficou em campo por 41 minutos.

Ele bem que tentou marcar um gol, à exemplo do que havia feito Rivellino, mas foi muito bem marcado pela seleção húngara. Além disso, também sentiu falta de entrosamento com a equipe.

César Maluco, porém, deixou o gramado aplaudido de pé pela torcida da Portuguesa e foi homenageado pela diretoria. Foi a única vez em que ele vestiu a camisa lusitana na carreira.

Marinho Peres, aos 35 minutos do primeiro tempo, abriu o placar. Valdomiro, que entrou no lugar de César Maluco, marcou o segundo aos 27 minutos da etapa final e fechou a conta.

A Lusa teve Aguilera, Cardoso, Marinho Peres, Calegari, Fogueira, Lorico, Ibañez, Xaxá, César Maluco, Tatá e Piau.

Já a Hungria foi escalada com Geezy, Fabian, Kovaks, Vidats, Juhas II, Szues, Juhas I, Fazekas, Bene, Dunai e Zambo.

As partidas festivas de inauguração do Canindé foram:

09/01 – Portuguesa 1 3 Benfica (POR)

16/01 – Portuguesa 2×0 Zeljznicar (IUG)

19/01 – Portuguesa 1×0 Steua Bucareste (ROM)

23/01 – Portuguesa 2×0 Seleção da Hungria

30/01 – Portuguesa 2×0 Seleção do Zaire