Newsletter subscribe


Atlético-MG, Corinthians, Palmeiras, Posts

Roberto Carlos

Roberto Carlos
Posted: 10/04/2016 at 09:00   /   by   /   comments (0)

No dia 10 de abril de 1973, nascia na cidade paulista de Garça um jogador que brilhou tanto no Brasil quanto no exterior e que foi campeão mundial: o lateral-esquerdo Roberto Carlos.

O nome veio de uma homenagem do pai ao cantor, considerado o “Rei” da música brasileira. O atleta começou a jogar bola ainda pequeno e sempre despertava a atenção dos boleiros.

Em 1988, foi convidado para atuar nas categorias de base do União São João, na cidade de Araras. Com 16 anos, era titular absoluto na lateral-esquerda e o principal destaque.

Roberto Carlos desde cedo se mostrava um excelente cobrador de faltas e escanteios. Dono de cruzamentos certeiros e passes açucarados, tinha um chute canhoto muito potente.

Depois de ter sido convocado para a seleção brasileira sub-20, foi contratado pelo Atlético-MG e participou de uma excursão à Europa que o fez ser lembrado anos depois no continente.

A projeção nacional veio mesmo no Palmeiras, onde chegou em 1993 para quebrar um jejum de títulos de 16 anos e conquistar o bicampeonato tanto paulista quanto brasileiro.

Vestindo a camisa alviverde, foram 17 gols em quase 200 jogos. Roberto Carlos brilhou ao lado de Marcos, Velloso, Sérgio, César Sampaio, Flávio Conceição, Rivaldo, Zinho, Edmundo e Evair.

O time de Palestra Itália, porém, não conseguiu segurar o lateral-esquerdo em meio às propostas internacionais. Em 1995, o craque assinou com a Inter de Milão (ITA).

Ficou no clube italiano por pouco mais de uma temporada e se adaptou muito bem ao futebol europeu. No ano seguinte, foi para o clube que defenderia por mais vezes em toda a carreira.

No Real Madri (ESP), o lateral-esquerdo integrou o famoso time dos “galácticos” ao lado de Zidane, Luis Figo, Beckham e Ronaldo. Foram 11 anos, 584 jogos e 71 gols.

Eleito o melhor lateral-esquerdo da Europa em 2002 e 2003, tem no currículo três conquistas da Liga dos Campeões (1997-98, 1999-00 e 2001-02) e uma da Supercopa (2002).

Venceu a Copa Intercontinental (1998 e 2002) e o Campeonato Espanhol (1996-97, 2000-01, 2002-03 e 2006-07). Na estante, ainda estão os troféus da Supercopa da Espanha (1997, 2001, 2003).

Em 1996, o lateral-esquerdo foi convocado pela seleção brasileira para disputar os Jogos Olímpicos. Conquistou o bronze ao lado de Dida, Zé Maria, Bebeto, Rivaldo, Luizão e Ronaldo.

O ápice com a camisa canarinho, porém, veio em 2002 na conquista da Copa do Mundo, na Alemanha. Além do penta, foi campeão da Copa América em 1997 e 1999.

Já com 34 anos, Roberto Carlos assinou contrato com o Fenerbahçe (TUR) e mal sabia que se tornaria um dos maiores ídolos da história do clube. Foi campeão da Supercopa (2007).

Retornou ao Brasil para defender o Corinthians, onde ficou entre 2010 e 2001, espantando os torcedores pela excelente condição física. Saiu sem ganhar títulos após ameaças da torcida.

O craque ainda passou pelo Anzhi, da Rússia, e encerrou a carreira no Delhi Dynamos, da Índia. Roberto Carlos se tornou treinador e executivo de futebol no exterior.