Pages Menu
Categories Menu
Santa Cruz Futebol Clube

Santa Cruz Futebol Clube



No dia 3 de fevereiro de 1914, nascia a partir da união de jovens boleiros da periferia do Recife e de negros marginalizados pela elite o Santa Cruz Futebol Clube, um dos maiores do país.

O nome veio da Igreja de Santa Cruz, já que os garotos gostavam de bater bola no pátio da paróquia. Como não havia campos oficiais na região, ali foi o início de um sonho tricolor.

O primeiro jogo foi contra um time já estruturado, o Rio Negro. Os garotos meteram 7 a 0 e aceitaram um pedido de revanche. Mesmo sem o artilheiro, venceram de 9 a 0 na segunda partida.

O Santa Cruz logo ficou marcado como o único time da cidade a ter um jogador negro, Teóphilo Carvalho, o Lacaria. E se fixou na Campina do Derby, em uma região humilde da capital.

O primeiro título pernambucano veio em 1931 com o time de Tará, Sebastião da Virada, Valfrido e Sherlock. Já o sonho do estádio do Arruda começou em 1943, com o aluguel do terreno.

As arquibancadas foram concluídas em 1970, sempre com a ajuda de torcedores e sócios Em 1982, houve a ampliação do estádio para uma capacidade de 76 mil pessoas.

O Santa Cruz tem no currículo 28 títulos do Campeonato Pernambucano, 12 do Torneio Início, quatro da Copa Pernambuco e um da Série C do Campeonato Brasileiro.

Em 1980, a equipe realizou uma excursão para o Kuwait, o Bahrein, o Catar, Dubai, Arábia Saudita, Romênia e França. Foram 12 jogos, 11 vitórias, um empate e o título da Fita Azul.

Entre os principais ídolos estão Givanildo de Oliveira, Barbosa, Levir Culpi, Birigui, Luizinho Vieira, Ramón, Nunes, Rivaldo, Ricardo Rocha, Sherlock, Tará, Zequinha e Zé do Carmo.