Pages Menu
Categories Menu
Zinho – Sebastião Cândido da Silva

Zinho – Sebastião Cândido da Silva



No dia 17 de outubro de 1965, nascia na cidade de Picuí, na Paraíba, um dos jogadores que marcaram época na Lusa pela habilidade e pelo carisma: o centroavante e ponta Zinho.

Sebastião Cândido da Silva começou a carreira no ABC, em Natal, onde despontou como camisa 9 e chegou inclusive a ser artilheiro. No entanto, foi deslocado para jogar pelas pontas.

Foi assim, atuando pelas beiradas, que chegou ao Canindé em 1995. Zinho se encaixou perfeitamente na equipe do técnico Candinho e logo caiu nas graças da torcida rubro-verde.

Por causa da cabeleira e do visual diferente para a época, chegou a ser apelidado pelos colegas de Antonio Banderas – o famoso ator, diretor, cantor e dançarino espanhol.

O jogador se destacava pela habilidade ao dominar a bola e pelos bons chutes, até mesmo a longa distância. Foi peça fundamental em uma das temporadas históricas da Lusa.

Zinho fez parte do elenco vice-campeão brasileiro em 1996, desbancado pelo Grêmio. Ficou no Canindé até 1998, tendo disputado 114 partidas, com 55 vitórias e 27 empates.

Uma curiosidade da carreira do centroavante e ponta foi ter sido incluído na lista de pré-convocados para a Copa do Mundo de 1998. Deixou a Lusa, mas não a lembrança dos torcedores.

Ainda passou por Ponte Preta, Bahia, Araçatuba, São Caetano, Portuguesa Santista, Paulista, Goiás, Ceará, União São João, Figueirense, Vila Nova (GO), Campinense (PB) e Paranuá (DF).