Pages Menu
Categories Menu
Eudes Lacerda de Medeiros

Eudes Lacerda de Medeiros



No dia 8 de abril de 1955, nascia em Lorena, no interior de São Paulo, um dos vários jogadores que fizeram sucesso com a camisa da Lusa e que vieram da várzea: o meia-atacante Eudes.

Coube ao ex-jogador e então treinador das categorias de base da Portuguesa, Julinho Botelho, descobrir o jogador enquanto acompanhava partidas do tradicional “Desafio ao Galo”.

Eudes Lacerda de Medeiros passou a se destacar e, em 1974, chegou a ser convocado para a seleção brasileira juvenil. Naquele ano, conquistou com a amarelinha o Sul-Americano.

Enquanto começava a ganhar espaço na Lusa, a presença nas seleções de base foram se tornando mais contantes. Em 1975, chegou a disputar o Pan-Americano no México.

No ano seguinte, foi defender o Brasil nos Jogos Olímpicos de Montreal, no Canadá. O retorno marcou a ascensão definitiva aos profissionais da Portuguesa, assinando o primeiro contrato.

Eudes era considerado um jogador de extrema frieza e lembrava o companheiro Enéas, que parecia “dormir” em campo. Porém, em um lampejo fazia uma jogada incrível e ia para as redes.

Tinha muita habilidade e rapidez, com dribles rápidos e passes precisos. Logo se tornou um dos principais armadores da Lusa. Com o técnico Urubatão, finalmente deslanchou.

Começou a jogar na meia-esquerda e, nesta função, tornou-se campeão da Taça Governador do Estado em 1976. Foram, ao todo, 185 jogos na Portuguesa entre 1974 e 1980.

Eudes ainda defendeu Comercial-SP, Cruzeiro, Colorado-PR, Inter de Limeira-SP, Noroeste-SP, Rio Branco-SP e Guaratinguetá-SP. O meia-atacante se tornou técnico em categorias de base.