Newsletter subscribe


Bangu, Portuguesa, Posts, Santos, Vitória

Coutinho – Antônio Wilson Vieira Honório

Antônio Wilson Vieira Honório - Coutinho
Posted: 11/06/2016 at 08:00   /   by   /   comments (0)

No dia 11 de junho de 1943, nascia na cidade de Piracicaba, no interior de São Paulo, aquele que para muitos fez a melhor dupla com Pelé em toda a história: o atacante Coutinho.

Antônio Wilson Vieira Honório ficou marcado pela frieza com que fazia as jogadas dentro da área, sempre tabelando e deixando o parceiro na cara do gol. Era habilidoso tanto com os pés quanto com a cabeça.

Coutinho tinha características físicas muito parecidas com as de Pelé. Os dois trocavam passes com uma rapidez inacreditável e raramente passavam um jogo sem marcar gols.

Chegou à Vila Belmiro ainda muito jovem e ganhou a primeira oportunidade no time profissional com apenas 14 anos. Assumiu a titularidade em 1958 e não deixou mais a posição.

Fez parte daquela famosa linha campeã de tudo que havia para disputar na época, formada por Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe. Levantou incontáveis taças com a camisa alvinegra.

Foi campeão mundial (1962 e 63), da Libertadores (1962 e 63), da Recopa Mundial (1968), do Campeonato Brasileiro (1961, 62, 63, 64, 65 e 68), do Torneio Rio-São Paulo (1959, 63, 64 e 66) e do Campeonato Paulista (1960, 61, 62, 64, 65 e 67).

O atacante passou a ser chamado para a seleção brasileira em 1959 e era titular às vésperas da Copa do Mundo de 1962. No entanto, sofreu uma contusão e foi para o banco.

Disputou o torneio como reserva, mas participou da delegação campeã no Chile. Coutinho foi lembrado nas convocações do Brasil até 1965, quando houve uma reformulação na amarelinha.

O craque ficou no Santos por dez anos, até 1968, quando deixou a Vila Belmiro após 457 partidas. O atacante ainda passou por Vitória, Portuguesa, Atlas (MEX), Bangu e Saad.

Coutinho encerrou a carreira em 1973 para se dedicar à carreira de técnico. No entanto, não se destacou muito à beira do gramado. Dedicou-se também às categorias de base.

Imagens: Fanpage Coutinho , o gênio da área