Newsletter subscribe


Guarani, Posts, São Paulo

Márcio Amoroso dos Santos – Amoroso

Márcio Amoroso dos Santos - Amoroso
Posted: 05/07/2016 at 09:00   /   by   /   comments (0)

No dia 5 de julho de 1974, nascia em Brasília um dos principais craques do futebol brasileiro nos anos 1990 e que mais acumulou títulos em toda a carreira: o atacante Amoroso.

O jogador sempre carregou o futebol no sangue, afinal, quis o destino que fosse sobrinho de José Amoroso Filho, ídolo que entrou para a história do Botafogo nos anos 1940 e 1950.

Márcio Amoroso dos Santos deu os primeiros passos no mundo da bola nas categorias de base do Guarani. Com apenas 18 anos, foi emprestado ao Verdy Kawasaki, do Japão.

Ainda muito jovem, fez sucesso entre a torcida nipônica e fez parte do elenco que conquistou o Campeonato Japonês em 1993. Retornou ao futebol brasileiro no ano seguinte para despontar.

Formou uma dupla de ataque inesquecível no Guarani ao lado do também craque Luizão. Os dois brilharam no Campeonato Brasileiro, levando o Bugre a uma surpreendente semifinal.

Amoroso foi considerado o melhor jogador da competição e dividiu a artilharia com Túlio Maravilha. O sucesso fez com que ele assinasse contrato com o Flamengo, em 1996.

No entanto, o atacante permaneceu na Gávea por apenas três meses, quando recebeu uma proposta da Udinese, da Itália. Não teve dúvidas e partiu para um novo desafio na Europa.

Em 1998, foi um dos principais companheiros do artilheiro alemão Oliver Bierhoff. No ano seguinte, já sozinho, destacou-se como artilheiro da equipe no Campeonato Italiano com 22 gols.

Amoroso foi contratado pelo Parma, também da Itália, em 1999. Na ocasião, a transação foi uma das mais caras do país. O craque, porém, teve azar e enfrentou uma séria contusão.

Mesmo sem o desempenho de antes e se recuperando, fez parte dos times que venceram a Supercopa Italiana (1999), a Supercopa Europeia (1999) e a Copa da Itália (2001).

Naquele mesmo ano, o atacante trocou o futebol italiano pelo alemão.Vestindo a camisa do Borussia Dortmund, foi artilheiro e garantiu o título do Campeonato Alemão de 2002.

As duas temporadas que vieram pela frente não repetiram o mesmo desempenho. Tentando recuperar o bom futebol, foi para o Málaga (ESP) em 2004 e voltou ao Brasil em 2005.

Amoroso foi contratado pelo São Paulo e teve a oportunidade de voltar a fazer dupla de ataque com Luizão. A magia dos tempos de Guarani retornou e os dois novamente desencantaram.

O artilheiro chegou ao auge no futebol brasileiro naquele mesmo ano, quando se tornou decisivo nas conquistas tricolores da Copa Libertadores e do Mundial Interclubes na temporada 2005.

Já experiente e enfrentando as consequências de sérias contusões, não conseguiu aproveitar a oportunidade que teve no Milan (ITA) e muito menos no Corinthians em 2006.

O atacante ainda perambulou pelo Grêmio e pelo futebol grego, onde defendeu o Aris Salônica. Voltou para onde tudo começou, o Guarani, em 2009, e ainda jogou no Boca Raton (EUA).