Receba a Newsletter

Portuguesa

Wilsinho – Wilson de Oliveira Riça

Publicado em: 13/03/2016 at 09:00   /   por   /   comments (0)

No dia 13 de março de 1950, nascia na cidade de São Paulo uma das principais revelações das categorias de base da Portuguesa na década de 1970: o ponta-esquerda Wilsinho.

Descoberto nos campos de várzea da cidade, chegou à Lusa na segunda metade da década de 1960 e foi crescendo no futebol ao lado de craques como Ivair, Lorico, Ratinho e Zé Maria.

Wilsinho, porém, despontou mesmo na equipe profissional no início da década de 1970. Formou uma linha de ataque que não sai da memória da torcida com Xaxá, Enéas e Cabinho.

O ponta-esquerda era presença incontestável na equipe que venceu o Campeonato Paulista de 1973, título dividido com o Santos após um erro do árbitro Armando Marques.

O juiz invalidou um gol legal de Cabinho durante a prorrogação, que daria o título isolado à Lusa. A partida foi para os pênaltis e, em uma confusão na contagem, teve de dividir a conquista.

Naquele mesmo ano, Wilsinho fez parte do time que venceu a Taça São Paulo. O torneio foi decidido no estádio do Pacaembu e terminou com uma vitória lusitana sobre o Palmeiras.

Ao todo, o craque vestiu a camisa rubro-verde em 249 jogos e marcou um total de 32 gols. Deixou o Canindé em 1976 e teve passagens por Corinthians e Juventus.